Drenagem Blog – Este blog mudou de endereço para http://drenoblog.techduto.com.br


Lembre-se de acessar o novo site do blog
14 de janeiro de 2011, 8:31 am
Filed under: plantio

Novo site: drenoblog.techduto.com.br



Mudança de Endereço
11 de agosto de 2009, 11:01 am
Filed under: plantio

Este blog foi para o endereço:
http://drenoblog.techduto.com.br

Conheça a TechDuto:
http://www.techduto.com.br



Manual para Drenagem de Rodovias
23 de março de 2009, 3:38 pm
Filed under: plantio | Tags: , ,

 

Esquema drenagem de estrada

Esquema drenagem de estrada

Ao longo da rodovia os drenos ou tubos para drenagem são destinadas a:
• recolher a água pelas laterais;
• facilitar a rápida evacuação da água.

 

A água é recolhida na periferia por perfurações ao longo do tubo corrugado. Estes buracos podem propagar-se o comprimento do localizado na periferia ou apenas a parte superior.

É recomendado o uso de mantas filtradoras para impedir a entrada de pequenas partículas que possam entupir as perfurações laterais dos tubos. Os principais tipos desses filtros são os geotexteis e os geocompostos.

O fluxo pode ser calculado com fórmulas tradicionais incorporando diâmetro e declive; O diâmetro deve ser determinado com base na vazão capturada, no entanto, dadas as incertezas sobre parâmetros do “solo” (homogeneidade, permeabilidade etc), é essencial deixar uma margem de erro na dimensão (em pelo menos dois). Este coeficiente deve ser aumentado ainda mais quando a rede de drenagem está instalada antes ou durante a terraplenagem.

Também é essencial tomar todas as precauções para evitar obstruções:
• instalação de grades ou válvulas para evitar a entrada de animais;
• não plantar árvores ou arbustos perto ou diretamente sobre o dreno.

[O artigo completo tem muito mais informações, é realmente muito útil, o link é:
http://www.setra.equipement.gouv.fr/IMG/pdf/US_0605A_Road_drainage.pdf]



Drenagem para o cultivo de feijão
5 de janeiro de 2009, 2:51 pm
Filed under: plantio | Tags: , , , ,

dren_embrapaO controle da umidade do solo na cultura do fejão é extremamente importante, visto que esta leguminosa é sensível ao excesso de água no solo. A respiração da plana é essencial para sua sobrevivência e produção e solos encharcados dificultam a respiração das raízes das plantas e geram diversos problemas para o crescimento desta. A falta de drenagem nesta cultura também favorece ao aumento da concentração de substâncias tóxicas na planta, aumento da resistência ao movimento das águas através das raízes e diminuição do crescimento e do potencial de água nas folhas.  

Segundo o artigo da Embrapa*, se o solo for exposto a um período de 2 dias de inundação a redução da produtividade chega a 48%. E esta aumento conforme os períodos ao aumentação ou se repetem. 

imagem1

Representação do Pefil do solo distância entre drenos e lençol freático

No artigo constam os cálculos necessários de vazão, distanciamento entre drenos e profundidade deles no solo; também quais são as funções dos tubos dreno e outros sistemas de drenagem. 

Artigo original: Drenagem para cultura do fejão – Circular Técnica: Embrapa



Solos encharcados causam prejuízo para lavoura
30 de dezembro de 2008, 12:56 pm
Filed under: plantio | Tags: , , ,

Os solos saturados de água fazem com que as raízes das plantas tenham menos acesso ao oxigênio, e isto traz alguns prejuízos à plantação. Alguns deles são os seguintes:

  1. Menor germinação e crescimento das plantas;
  2. Acúmulo de etileno nas raízes e no caule ocasionando a degradação dos tecidos das raízes, epinastia e queda de folhas;
  3. Alteração no metabolisto de obtenção de energia nos tecidas da raíz, que muda da respiração para a fermentação (transformando a glicose em etanol ao invés de ATP para ser utilizado pela planta);
  4. Nível freático elevado pode restringir o desenvolvimento do sistema de raízes de espécies não adaptadas.

 

Solos com drenagem e sem drenagem

Solos com drenagem e sem drenagem

 Os tubos corrugados para drenagem (como o techdreno da TechDuto) são ideais para o dreno dos solos e sua implantação evita os prejuízos decorrentes da saturação de água dos solos sem controle de umidade.

 

Influência do tubo dreno

Influência do tubo dreno

Imagens e texto retirados de (entre nos links para ter acesso ao estudo completo): Introdução: drenagem natural e agricultura e Investigações básicas para projetos de drenagem: origens dos problemas



Informações sobre Geossintéticos
23 de dezembro de 2008, 4:48 pm
Filed under: plantio | Tags:

“Geossintéticos podem ser usados eficazmente como drenos e filtros em obras civis e ambientais em adição ou substituição aos materiais granulares tradicionais. Geossintéticos são mais fáceis de instalar no campo e geralmente apresentam custo competitivo em situações em que os materiais granulares disponíveis não cumprem as especificações de projeto, são escassos ou têm seu uso restringido por razões ambientais.”

 

Tipos de Tecidos Geossintéticos

Tipos de Tecidos Geossintéticos

 

 

Retirado de: Geossintéticos em Drenagem e Filtração



Rodovias: Drenagem Subterrânea ou Profunda
23 de dezembro de 2008, 4:44 pm
Filed under: plantio | Tags: ,

O dreno longitudinal profundo não deverá terminar em coletores de águas pluviais ou corpo de bueiros, admitindo-se sua chegada a caixas coletoras e a dispositivos especiais, tais como muros de testa e outros;

Deverão ter no início e com espaçamento máximo de 200 m caixas de inspeção e limpeza;

Não serão projetados drenos profundos com declividade inferior a 1 %;

A indicação de drenos profundos deverá ser orientada por estudos geológico-geotécnicos, levando em consideração a ocorrência de água constatada pela execução de sondagens e/ou natureza e disposição de horizontes que possam causar a eventual formação de lençol; no caso de rodovias já implantadas, esse estudo terá maior confiabilidade por sondagens efetuadas ao pé de taludes, devendo as sondagens atingir pelo menos 1,5 m abaixo do greide de terraplanagem, sendo a inspeção dos furos efetuada na ocasião de sua abertura e cerca de 24 horas depois. No caso de drenos de rebaixamento de lençol freático, o nível deste deverá ser verificado 24 horas após a construção do dispositivo de drenagem.”(…)

 

Esquema da drenagem

Esquema da drenagem

 

 

 

Retirado de: Drenagem Rodoviária